terça-feira, 12 de julho de 2011


Nas sedas do Mistério


A carícia do enigmático colocou

em samã cada átomo do meu

ser de argila.

Ele aniquilou meu ego, liquefez

a minha razão,

alou-me de tal forma

que meu universo tornou-se mera conseqüência

da alquimia mística do Divino Criador.

Nas sedas do mistério,

o plenilúnio da face oculta de Jalal ü Din,

nunca mais me abandonou,

tornou-se a causa da minha existência e também

dos meus tormentos.

Neste momento não mais insisto

em seguir esse rio caudaloso

que somente Deus

pode revelar a causa.
Enviar um comentário